Home

Este é o site da FEDERAÇÃO DE HAPKIDO ESPORTIVO, CULTURAL E EDUCACIONAL DA BAHIA e da CONFEDERAÇÃO DE ARTES MARCIAIS COREANAS DO BRASIL. Estas organizações
objetivam divulgar esportivamente e pedagogicamente o hapkido em nível nacional.

História estilos e símbolos

O ESTILO MOKPO DE HAPKIDO

Na era de Samhan que pertencia a Mahan, e na era dos Três Reinos foi Mulahye (勿 阿 兮) condado de Baekje. No período Silla Unificada foi chamado Muan conselho, e na Dinastia Goryeo foi chamado Mulryang município (勿 良 郡), ou conselho de Muan.

Estes nomes não se referiam a cidade de Mokpo sozinho, mas incluiu os municípios de Muan e Sinan. Ao longo dos anos sua jurisdição administrativa mudou várias vezes, e durante a Dinastia Joseon, tornou-se um “Hyeon ‘(prefeitura) de Naju Mok.

O nome 「Mokpo」 apareceu pela primeira vez em um livro de história chamado <Goryeosa (História de Goryeo), mas sua origem não é certa. Alguns dizem que foi chamado de Mokpo (木浦), porque ele era um porto com muitas árvores, enquanto outros dizem que foi chamado assim porque produziu uma grande quantidade de algodão. Mas a explicação mais plausível é que ele foi chamado de Mokpo porque era um ponto importante líder da Costa Oeste para a terra.

Em 1439, o 21º ano do Rei Sejong, da dinastia Joseon, o 「Mokpo Manhojin」 foi instalado. Durante a invasão japonesa em 1592 Admiral Lee Sun-Sin instalado ‘Sugunjin’ (a base naval) em Mokpo Gohado e ficou lá por 108 dias. Port Mokpo foi inaugurado no dia 1º de outubro de 1897. Posteriormente, em 1º de outubro de 1910, o ano em que a Coreia perdeu a sua independência para o Japão, foi rebatizado 「Mokpo-bu」.

Em 1932 parte de Muan o município foi adicionado em Mokpo. Seu tamanho cresceu para 8,6 ㎢ e sua população de 60.000, tornando-se uma das 6 melhores cidades do país. Era conhecido como um centro de comércio de 一 黑 (pia) e 三 白 (algodão cru, arroz e bicho da seda).

Em 15 de agosto de 1949 「Mokpo-bu」 foi rebatizado 「Mokpo City」. Desde então, o investimento foi promovido para a criação do Mokpo New Port, o Aeroporto Internacional de Muan, e infra-estrutura industrial, tais como o complexo industrial Daebul e do complexo industrial Samho. Mokpo continuou a crescer como uma cidade central da costa sudoeste. É uma “cidade do futuro chegando globalmente com grande ambição.”

Yulan (mokryeon em coreano) ( Magnólia em Português )

A flor símbolo de Mokpo

Uma flor em cruz com uma magnólia. É graciosa e elegante, e alicerçasse com ‘Mokpo’. No início da primavera que floresce antes das folhas caírem, mostrando a sua bela forma. Ela simboliza “o significado profundo da arte e da cultura, bem como a pureza e inocência de dos cidadãos de Mokpo”.

Loquat ( Coreano ) – Nêspera ( Português – Ameixa do Para )

A árvore símbolo de Mokpo

U ma árvore verde rosaceous cultivada na área de Mokpo

  • Flor: Sua fisiologia especial lhe permite resistir a frio cortante e permite florescer no inverno. Ela simboliza a perseverança e tenacidade dos cidadãos Mokpo.
  • Frutas: Simboliza a prosperidade e a estabilidade
  • Folhas: simboliza a elegância e a graça.

C rane – Garça ( Português )- A ave que simboliza Mokpo

  • Um bom presságio de longevidade e sorte relacionado com a lenda de Samhakdo
  • Tem uma figura digna e misterioso, e mantém uma elegância e romance inata aos cidadãos Mokpo.

Hwarang-Do (em coreano:화랑,em chinês:花郞 e Caminho do irmão maior em português), na era um grupo de elite de jovens homens de Silla, um reino coreano antigo que durou até o século 10. Viviam em instituições educacionais, sociedades onde os membros se recolhiam para todos os aspectos de estudo, originalmente para as artes e a cultura baseadas no Budismo e no Taoísmo. No ano de 670 a.C. a Coréia era dividida em três reinos: Surabul de Silla, Koguryo e Baek Je. Silla era o menor daqueles reinos, e constantemente invadidos e saqueados pelos dois vizinhos e, durante o reinado de Chin Heng, os jovens aristocratas e os militares formaram uma tropa de elite chamada HWARANG-DO (Similar aos samurais no Japão e os cavaleiros andantes da idade Média no Ocidente). Essa tropa guerreira, em complemento ao treino normal com lanças, flecha e espada, também se adestrou na prática de disciplina mental e física e várias formas de lutas com os pés e com as mãos, como o SOO-BAK, TAE-KION, SEBIOKTA entre outras. Para endurecer seus corpos, escalavam montanhas, escarpadas, nadavam em rios turbulentos nos meses frios, se concentrando impiedosamente na tarefa de defender sua terra, seu código de honra (o Espírito do HWARANG-DO) era constituído de 05 itens:

01 – Obediência ao Rei; 02 – Respeito aos Pais; 03 – Lealdade para com os Amigos; 04 – Nunca recuar ante o inimigo; 05 – Só matar quando não houver alternativa. Este grupo foi um dos precursores do taekwondo, Hapkido e Hwarang Kumdo estilo de espada desenvolvido pelo Dr. Grão Mestre Hong Soon Kang.

A História do Hapkido

A aproximadamente 4.500 anos quando as pessoas começavam a viver em grupos, já existiam sinais de defesa instintiva necessária para a sobrevivência, ir, defender e contra atacar para proteger a si mesmo e os outros; Isso pode ser constatado pelos sinais deixados em cavernas da China e Coréia. Na década de 60 professores vão para os EUA começar a ensinar o Hapkido. A Associação Koreana de Hapkido enviou quinze professores a guerra do Vietnã, para demonstração as tropas coreanas, americanas e vietnamitas, e vários mestres para difundir o Hapkido no mundo, todos eles alunos dos mestres Yong Sul Choi, Ji Han Jai e Professor Song, entre eles na América do Sul o mestre Hong Soon Kang, atualmente no 10º Dan, Presidente e Fundador da WORLD SPORTS HAPKIDO FEDERATION e representante criador do estilo Mokpo de Hapkido.

HONG SOON KANG

Grão-Mestre Dr. Hong Soon Kang, Ph. D, é Presidente e Fundador da WSHF (World Sports Hapkido Federation), instrutor, examinador e árbitro internacional (1ªclasse), 10°dan em Hapkido pela mesma entidade, faixa preta 9°dan em Taekwondo pela WTF (World Taekwondo Federation), aprovado pela Kukkiwon, em Seul, na Coréia, no dia 21 de agosto de 1995, com o certificado n° 50000096, além de Presidente da Câmara do Comércio e Indústria Brasil/ Coréia, com sede no Paraná. Mestre Kang, como é conhecido mundialmente, nasceu em 6 de agosto de 1943, na cidade de Hae Nam, Coréia do Sul, iniciando sua carreira marcial naquele país, em 1955, na cidade de Mokpo onde treinou Taekwondo (1955 com os Mestres Park e Kim Seuk e a partir do ano de 1963 treinou com Mestre Hyung Jong Myung, instrutor da Academia do Exército, considerado na época um dos melhores mestres da Coréa do Sul), Mokpo Hapkido (1959 com Professor Song) e a arte da espada coreana chamada Hwarang Kumdo; porém, há mais de 30 anos dedica-se à divulgação das artes marciais coreanas, Hapkido, Taekwondo e Hwarang Kumdo, no Brasil. Ao chegar ao Brasil, Grão-Mestre Kang desembarcou no Rio de Janeiro em 1978, onde passou a participar de eventos de demonstração de suas modalidades, atraindo a atenção do público pela sua técnica apurada e sua performance marcante, que incluía chutes voadores entre anéis de fogo. Suas demonstrações impressionaram diversas autoridades à época, entre elas vários oficiais do Exército, com muitos dos quais mantém amizade até os dias de hoje. Mudou-se posteriormente para Curitiba-PR no ano de 1979 onde vive até hoje, com ajuda de um mestre conhecido seu, que o ajudou a reestruturar sua vida no novo país. Grão-Mestre Kang recorda-se com satisfação de sua chegada à rodoviária da capital paranaense, mais de trinta anos atrás, quando ficou encantado com a beleza da cidade e com a gentil acolhida de seu povo. Mestre Kang havia se interessado, desde o início de seu treinamento nas artes marciais coreanas, pela filosofia, postura marcial e tradição do Hapkido, interesse que foi crescendo com o passar dos anos, até que resolveu dedicar-se também a esta arte, paralelamente ao Taekwondo.
A partir de sua experiência com essa última, concluiu que para o Hapkido se tornar mais visível aos atletas brasileiros, deveria estar voltado às competições. Formatou então o Hapkido Esportivo, valorizando as técnicas e a metodologia de aulas, direcionando-as às competições. O objetivo principal do Hapkido Esportivo é fortalecer a união entre os estilos e promover a evolução técnica e filosófica de seus praticantes, seguindo o exemplo do Taekwondo, que experimentou grande crescimento e evolução, ao tornar-se modalidade olímpica. Grão-Mestre Kang encontra-se atualmente trabalhando como o máximo empenho, no sentido de divulgar a arte em todo o território nacional; através de campeonatos e eventos, nacionais e internacionais, que proporcionam o intercâmbio de experiências entre os participantes, e desta forma contribuem para a ampliação do nível técnico destes. Criada e desenvolvida pelo Grão-Mestre Kang, objetivando expandir, organizar e divulgar o Hapkido Esportivo em todo o mundo, com sede em Curitiba/ PR, a W.S.H.F (World Sports Hapkido Federation) é uma entidade federativa mundial, que cresce tanto no Brasil quanto no exterior. O Grão mestre Hong Soon Kang desenvolveu um Hapkido completo sem perder a essência do Kwan Mokpo Hapkido (Escola Mokpo de Hapkido) fundando a World Sports Hapkido Federation, com hyuns(formas), ho shin sul (Torções e Imobilizações) Tchagui (chutes variados) Nak pop (Rolamentos e Quedas) além de técnicas de energia e armas, e criando um sistema esportivo de combate com técnicas de Taekwondo, judô e jiu Jitsu para competições de luta, além de ser um sistema altamente eficiente em defesa pessoal, o sistema Esportivo de Hapkido do mestre Kang é a nova tendência do Hapkido mundial.

S ignificado do Símbolo da WSHF

Corpo esférico, esfera, Corpo sólido redondo, Qualquer astro, especialmente a Terra. Globo terrestre, o que tem desenhada a carta da Terra; a Terra. A maioria dos globos terrestres é feita com uma série de tiras triangulares ovais coladas numa esfera. Circulo é a esfera geométrica mais perfeita que existe (movimento do Hapkido é feito em movimentos circulares). Portanto, no geral, o logotipo mostra o globo terrestre (primeira esfera) com a figura de dois praticantes executando uma técnica (Hapkido) mostrando o próprio planeta (segunda esfera). É uma ideia muito criativa, genial e filosófica: o homem, como praticante de artes marciais, vê o mundo e tudo o que o cerca diante do planeta, inclusive o próprio homem.

Significado do Símbolo MOKPO

O Símbolo geral representa o local onde foi criado o estilo e o município de Mokpo, o centro é representado pelo Yin e Yang que esta na bandeira da Coréia do Sul, Yin e Yang são dois conceitos básicos do taoísmo que expõem a dualidade de tudo que existe no universo. Descrevem as duas forças fundamentais opostas e complementares que se encontram em todas as coisas: o yin é o princípio feminino, a água, a passividade, escuridão e absorção. O yang é o princípio masculino, o fogo, a luz e atividade. A Garça trás um bom presságio de longevidade e sorte relacionado a uma figura digna e misteriosa, e mantém uma elegância e representa o romance dos cidadãos de Mokpo, as laterais em forma de folha estilizada representam a Castanha do Pará ou Nêspera, sua fisiologia especial lhe permite resistir a frio cortante e permite florescer no inverno, e ela simboliza a perseverança e tenacidade dos cidadãos de Mokpo, bem como os frutos simbolizam a prosperidade e a estabilidade, assim como as folhas que simboliza a elegância e a graça, e por último não menos importante a Magnólia uma flor em cruz que é graciosa e elegante, e alicerçasse com ‘Mokpo’. No início da primavera que floresce antes das folhas caírem, mostrando a sua bela forma. Ela simboliza “o significado profundo da arte e da cultura, bem como a pureza e inocência dos cidadãos de Mokpo”.

 

CAMINHO DA UNIÃO DA ENERGIA

A palavra “HAP” união da o sentido de equilíbrio o Yin e Yang o positivo e negativo, duas forças opostas vivendo harmoniosamente numa esfera perfeita, o circulo é o grande sentido de evolução da vida, formando espirais, planetas, sistemas, moléculas, átomos.

A palavra “KI” ou chi , o ki é a nossa energia interior e vital, que se localiza dois dedos abaixo do umbigo, no centro do nosso corpo. Aprendemos a gritarmos ou soltarmos o Ki – ai ou Ki – hap, que seria a manifestação da energia interior, respirando corretamente desenvolvendo a força interior.

A palavra “DO” caminho nas artes marciais significa “Mente”, direção, sabedoria.

3 Princípios do Hapkido Mokpo

Utilizar e desviar a força do oponente através das ações e movimentos circulares. Seu princípio de movimentação natural e contínua simboliza na própria trajetória do praticante que objetiva a progressão em seus treinamentos retornando sempre às origens. Simbolicamente quando ele atinge seu objetivo, a faixa preta, deverá retornar ao mesmo ponto de partida (reinício), porém desta vez com mais conhecimento e experiência. Agora o aluno tende a formar novos círculos, porém menores, como espirais direcionadas, não para frente, mas para o alto. O Círculo é um principio universal, pois retrata o caminho que retorna ao seu próprio início. Não se trata de alcançar o fim, mas de caminhar sempre em direção aos seus objetivos, mais sábio e experiente hoje do que ontem. Tudo é arredondado no corpo: as pontas dos dedos, o nariz, joelhos, etc. Os movimentos de defesa pessoal do HAPKIDO devem ser circulares, semelhantes às forças centrifuga e centrípeta das Leis da Física, na intenção de redirecionar anular e orientar as energia do oponente.
Penetração total na defesa do oponente de forma flexível e adaptável. A água simboliza muitas coisas na Coréia. Uma delas é a adaptabilidade. A água nunca luta contra qualquer obstáculo que encontra. Se ela não pode vencer o contato, não há conflito. Ela nunca perde a forma e ao mesmo tempo não tem forma definida. O homem deve aprender a se adaptar da mesma maneira se quiser sobreviver as discórdias enfrentadas ao longo da vida. Como bem coloca o dito popular: “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”. A não resistência da água lhe torna poderosíssima, capaz de se adaptar a qualquer circunstância. Se colocada em um recipiente, ela assume a sua forma; se colocada em nas mãos, idem. Tente segurá-la e ela fluirá por entre seus dedos. O praticante de Hapkido deve desenvolver a virtude da adaptabilidade e fluidez em todas as características de sua vida.
A não resistência, o sentir e absorver. Não se opor à força do oponente, mas sim, transformá-la. Nos treinos de HAPKIDO deve existir uma combinação simultânea de mente, corpo e espirito. A harmonia é o elemento crucial desse treinamento. Adquirindo harmonia consigo mesmo é possível harmonizar-se com o adversário. o momento crucial esta na respiração, harmonizar-se com a situação é o próximo passo. A tarefa final é combinar a harmonia desenvolvida em si próprio ao oponente e à sua técnica. Harmonia: harmonizar-se com o ambiente, com o oponente, e principalmente consigo mesmo é o objetivo fundamental do praticante de Hapkido. O domínio das emoções, a disciplina diante dos obstáculos e unir as idéias nos momentos difíceis são princípios que o praticante deve buscar atingir. Ou somente podemos dizer tem que ser uno com o universo.

 

 

Won – Representa O caminho a ser percorrido pelo praticante em seu treinamento. O fim é sempre o começo.

Yu – Representa a adaptabilidade do HAPKIDOísta nas mais diversas situações.

Wha – Representa a harmonia entre mente, corpo, situação e técnica na ABSORÇÃO de tudo que o rodeia.

 

Estas três teorias devem ser explicadas e demonstradas durante o treinamento. O instrutor deve compreender verdadeiramente as funções e a essência do HAPKIDO, não somente a estrutura, mas todos os seus conceitos, princípios e atributos técnicos a respeito da arte marcial.

OS PRIMEIROS MESTRES DE HAPKIDO


Formação Original de Mestres da Coréia

Da esquerda superior para a direita: Myung Jae-Nam, Hwal Bok, Yum Jong-Ho, Kim Jong-Taek, Kim Jong-Jin, Kim Hung-Su, Desconhecido. Da esquerda inferior para a direita:, Lee Tae-Jun, Myung Kwang-Sik, Han Bong Soo, Choi Yong-Sul, Ji Han-Jae, Song Young-Ki, Kim Deok-In, Kwon Tae-Man,

Grão Mestre Choi Yong Sul 최용술 – 崔龍述

Doju (도주em Hangul e 道主em Hanja) é o título dado ao “Guardião do Caminho” do Estilo.

Choi Yong Sul nasceu em 1904, em Yong Dong, na província de Chungcheongbuk-do (ou Chung Buk, como antigamente era conhecida), Coréia, sendo levado como escravo (servente) para o Japão em 1912. Depois de diversas dificuldades (existem histórias controvesas sobre esta fase da vida de Choi), foi abandonado em um Templo Budista e, aos 11 anos, foi entregue ao Sokaku Takeda para desempenhar tarefas domésticas na su casa. Takeda deu-lhe o nome de Yoshida Asao ou Yoshida Tatujutu, e o manteve a seu serviço até 1946, logo após a guerra, quando Choi teve a oportunidade de voltar pra Coréia. Ao seu regresso, continuando com as dificuldades (existem histórias ainda mais controversas sobre esta fase da vida de Choi), ele estabeleceu-se em Taegu, onde iniciou o ensino do Yawara (nome freqüente dado ao Ju Jitsu no Japão da época) ou Yu Sul (pronuncia coreana do termo Ju Jitsu), até 1986, quando morreu aos 82 anos. O Doju Kim Yun Sang foi o único aluno que acompanhou a evolução técnica da Arte transmitida por Choi Yong Sul, até a sua morte.

Outros Mestres emigraram para o exterior (principalmente USA e Brasil) e modificaram profundamente o Hapkido original, acrescendo mais Tekyon e, principalmente, técnicas de Si Pal Ki (técnica chinesa). Com lógica e dinâmica totalmente oposta ao Yusul de Choi, mas com objetivos de aprimoramentos um exemplo é a WSHF (World Sports Hapkido Federation), fundado pelo Grão Mestre Dr. Hong Soon Kang no ano de 1999 na cidade de Curitiba-PR, Brasil.

Diversos outros Mestres, fundadores de Artes Marciais modernas, como, por exemplo, Morihei Uyeshiba do Aikido e Doshin So do Shorin Ji Kenpo, também estudaram com Takeda. De fato, em Hanja / Kanji, a palavra Hapkido (Coreano) é Aikido (Japonês) são formas diferentes de pronunciar os mesmos ideogramas (合氣道); ou seja, são a mesma palavra. Da mesma forma, Hapkiyusul é a fonetização Coreana da palavra Aiki Ju Jitsu, em Japonês, utilizada por Takeda para nomear a sua Arte.

No entanto, o caminho tomado por Uyeshiba na modificação da técnica do Ju Jitsu original é bastante diferente ao conteúdo técnico do Hapkiyusul transmitido por Choi Yong Sul na Coréia, que manteve a sua contextualização Marcial original, acrescido de algumas técnicas de chute derivadas do Taekyon (limitadas e, em geral, baixas). Essa combinação foi denominada como Yu Kwon Sul (유권술em Hangul e 柔拳術em Hanja) ou Hapkiyukwonsul ( 합기유권술em Hangul e 合氣柔拳術em Hanja)

O nome Hapkido (합기도em Hangul e 合氣道em Hanja) foi utilizado só mais tarde, em 1963, talvez criado por Ji Han Jae, o discípulo de Choi que, junto com Kim Mu Hyong, acresceu as técnicas de chute do Taekyon, sendo um dos grandes divulgadores desta forma modificada de Hapkisul, hoje conhecida no Mundo como Hapkido. No entanto, como já mencionado acima, Doju Nim Choi não ensinava esta forma modificada, sendo que a forma original do Yusul foi mantida por poucos Mestres e foi pouco divulgada no Ocidente.

Dada a personalidade difícil de Choi Yong Sul, ele deixou poucos discípulos diretos praticando a sua técnica original, sendo que os seus discípulos tomaram caminhos separados.

Ainda, existem diversas versões do Hapkido “moderno” criadas por vários desses discípulos, foram acresidas com técnicas de Si Pal Ki (derivado do estilo Tantui Chinês), complementando técnica da Arte original ensinada por Doju Nim Choi e que, através de Sokaku Takeda, recebera da linhagem de guerreiros fundada por Yoshimitsu Minamoto no Século XI, como complemento das técnicas de esgrima da casta Samurai do Japão.

E-Book e Artigos

Calendário

Pensando em ampliar suas atuações marciais e esportivas a CONFEDERAÇÃO DE ARTES
MARCIAIS COREANAS aceita solicitações de representações no Brasil e no exterior.

Caso tenha interesse em representar o estilo MOKPO HAPKIDO em sua cidade e/ou região
entre em contatos :
josemtorres@ig.com.br / jose.mtorres@hotmail.com

Hapkido Tradicional

A CONFEDERAÇÃO DE ARTES MARCIAIS COREANAS DO BRASIL e FEDERAÇÃO DE HAPKIDO ESPORTIVO,CULTURAL E EDUCACIONAL DA BAHIA tem convênio com a FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HAPKIDO TRADICIONAL (www.hapkidobrasil.com.br ) , cuja presidência é do
Grande Mestre REINALDO LEONARDI (SERENO ).

Seminários / Cursos

A Confederação de Artes Marciais Coreanas do Brasil realiza cursos e seminários de formação
em MOKPO HAPKIDO em qualquer parte do Brasil ou exterior.
Mais informações :
josemtorres@ig.com.br / jose.mtorres@hotmal.com

XV WORLD HAPKIDO CHAMPIONSHIP

PROGRAMAÇÃO

Dia 3 de Novembro de 2017

Chegada dos atletas e delegações – registro do último seminário dos árbitros;

20:00 horas – Congresso Técnico (distribuição dos atletas por categoria);

 

Dia 4 de Novembro de 2017

Lutas eliminatórias (todas as categorias infantis);

11:00 horas – Abertura do cerimonial.

 

Dia 5 de Novembro de 2017

Competição de Hyung (Poomse);

Competição de salto e rolamento;

Competição de demonstração de quebramento (kiopa);

Competição de defesa pessoal (com e sem armas);

Competição de técnicas com armas (nunchaku, bastão, espada e etc);

Entrega das premiações individuais e de equipes gerais (troféu 1º a 5º lugar);

Homenagem a todas as delegações;
[30/9 10:03 AM] Botelho: OBS: Quando estiver um atleta em uma categoria, colocá-lo na categoria próximo ao peso, tanto para cima quanto para baixo.

MIRIM: de 5 a 9 anos – Masculino e Feminino:

20 não exceder 24kg.

24 não exceder 28kg.

28 não exceder 32kg.

32 não exceder 36kg.

36 não exceder 40kg.

INFANTIL: de 10 a 13 anos – Masculino e Feminino:

32 não exceder 37kg.

37 não exceder 42kg.

42 não exceder 47kg.

47 não exceder 52kg.

52 não exceder 57kg.

JUVENIL: de 14 a 17 anos – Masculino e Feminino:

48 não exceder 55kg.

55 não exceder 61kg.

61 não exceder 67kg.

67 não exceder 73kg.

73 não exceder 80kg.

80 acima.

Adulto: de 18 a 29 anos – Masculino e Feminino:

58 não exceder 65kg.

65 não exceder 73kg.

73 não exceder 80kg.

80 não exceder 90kg.

90 acima.

Master: acima de 30 anos até 35.

58 não exceder 65kg.

65 não exceder 73kg.

73 não exceder 80kg.

80 não exceder 90kg.

90 acima.

IDADES:

De 36 a 40 anos.

De 41 a 45 anos.

De 46 a 50 anos.

De 51 a 55 anos.

De 56 a 60 anos.

De 61 a 65 anos.

FICHA DE INSCRIÇÃO

Inscrições encerram-se dia 30 de outubro de 2017

Valor da Inscrição R$ 60,00 sessenta reais

FACULDADE DA BAHIA
BANCO ITAU
CNPJ : 06122636/001-92
CONTA :  25000-8
Agência :6323
Fraternalmente, Zé Augusto

josemtorres@ig.com.br / jose.mtorres@hotmail.com

Diretoria

Diretoria da FEDERAÇÃO DE HAPKIDO ESPORTIVO, CULTURAL E EDUCACIONAL DA BAHIA :

PRESIDENTE DE HONRA : G. M. HONG SOONG KANG

Presidente : José Augusto Maciel Torres

Vice- Presidente : Clovis Carmelito de Carvalho Botelho

Diretoria da CONFEDERAÇÃO DE ARTES MARCIAIS COREANAS DO BRASIL :

PRESIDENTE DE HONRA : G. M. HONG SOON KANG

Presidente : José Augusto Maciel Torres

Vice-Presidente : Clovis Carmelito de Carvalho Botelho

Parceiros

Hapkido